segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

“Enquanto houver um coração infantil, o VASCO será imortal "

v6"Eu sempre estive na Primeira Divisão. E se por acaso for para a Segunda Divisão a minha torcida é apaixonada demais pra me abandonar neste momento.

Eu estive no topo da América, e a mesma torcida (que não tinha desistido em momento algum) me apoiou. E mesmo perdendo o mundial de 98 e 00, ela não deixou de me amar e me ajudou a virar um jogo perdido na final da MERCOSUL, mesmo na casa do adversário, perdendo de 3 x 0 no primeiro tempo e com um jogador a menos. E se o 'monstro' do Rebaixamento bater em minha porta, [como bateu] a minha torcida estará lá gritando que sou o "Time da Virada", e que 'sempre estará ao meu lado até o fim'. Eu desbanquei grandes times com o apoio incondicional desses 'enlouquecidos', que me acompanham segundo a segundo, chute a chute, gol a gol, jogo a jogo. Vibram, choram, amam. Ilustres apaixonados já disseram: “Enquanto houver um coração infantil, o VASCO será imortal "

E, acima de tudo, eles tem ORGULHO de vestir a minha camisa. A da Cruz de Malta, a do time do AMOR! VASCO AMO-TE !"

RETIRADO DA COMUNIDADE DA FJV

Nenhum comentário:

Postar um comentário